“PÁTRIA AMADA IDOLATRADA”

O país está se desfazendo. Os sinais se multiplicam a olhos vistos.

Ontem a Câmara aprovou votar hoje um projeto de lei que proíbe o TSE de punir partidos com contas rejeitadas ou que não apresentaram prestações de contas.

O PT, por exemplo, embolsou meio bilhão de reais roubados da Petrobras. Ainda assim, o partido não poderá ser cassado pelo TSE.

Enquanto isso, a PM do Espírito Santo está em “greve branca” – movimento declarado ilegal pela justiça. Impedida de se defender pelo Estado que não a protege, a população acuada dentre de suas residências assiste chocada a uma onda de saques, arrastões e violência: 105 pessoas foram mortas na Grande Vitória desde a madrugada do último sábado.

Só não se importam com a situação e apenas pensam em multiplicar privilégios aqueles que podem fugir para Miami a qualquer momento, andam de carro blindado, trabalham em prédios modernos e têm segurança particular – em suma, políticos e juízes.

No Brasil os cidadãos pagam impostos suecos e recebem em troca serviços haitianos.

Afinal, para que se pagam impostos?

Na verdade, qual a real vantagem de ser cidadão brasileiro?

“A nossa pátria está no céu” (Fp 3.20).

patria-amada