“NÃO HÁ ESFORÇO SEM ERROS”

Não é o crítico que importa; não é o homem que aponta como o homem forte tropeça ou onde o homem que faz poderia ter feito melhor. O crédito pertence ao homem que de fato está na arena, cujo rosto está sujo de poeira, suor e sangue, que se esforça com valentia, que erra e fracassa várias vezes, porque não há esforço sem erros ou fracassos, mas que conhece o grande entusiasmo, as grandes devoções, que se entrega por uma causa válida; que, em sua melhor hora, conhece, enfim, o triunfo da grande conquista; e que na pior delas, se falha, ao menos falha por ousar com grandeza, de forma que seu lugar nunca estará entre aquelas almas frias e temerosas que não conheceram nem vitória, nem derrota.

– Theodore Roosevelt

NÃO HÁ ESFORÇO SEM ERROS