Deuses da Guerra

LEITURAS DE FÉRIAS III
Excelente romance histórico, escrito por um eminente historiador americano, John Toland (autor de, entre outros, do bom Os últimos 100 dias), ganhador do prêmio Pulitzer. Magistralmente escrito, cobre os principais eventos da Guerra do Pacífico, de 1936 a 1945, pela ótica de duas famílias cristãs metodistas: americana e japonesa. Há passagens memoráveis, como a “Marcha da Morte” de Bataan, a invasão de Saipan e Okinawa e os bombardeiros a Tóquio e Nagasaki.

Um dos personagens americanos, comunista, se converte à fé cristã católica. Alguns dos personagens secundários são capelães militares católicos, oferecendo bons insights sobre seu serviço no front e nos campos de concentração japoneses. Infelizmente, a tradutora pisou na bola por, entre outras, traduzir as patentes do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos (USMC), que é um ramo separado da Marinha dos Estados Unidos (US Navy), de acordo com o grau hierárquico brasileiro, que é similar à Marinha do Brasil. Mas nada que comprometa a leitura.11006388_807356479338102_3967952454030295159_n